Barlavento: grupo de velejadores difunde a prática de vela em Sergipe

Além de se reunirem para praticar a vela em grupo, o Barlavento também oferece aulas do esporte sob demanda

0
Fotos: Márcio Dantas

Mais do que um esporte, a prática da vela também é considerada um estilo de vida para os que praticam. Isso porque as atividades náuticas costumam promover uma forte interação com a natureza, além de desenvolver o físico, o senso de estratégia, a concentração e o senso de trabalho em equipe.

Aqui em Sergipe, a prática de vela tem sido difundida por um grupo de velejadores, o Barlavento. Criado pelo publicitário Tiago Gonzalez, em 2016, o grupo foi formado a partir da vontade de reunir velejadores de Aracaju. Tiago já é velejador há 30 anos, uma tradição que veio de família.

“Comecei essa relação com a vela e com o mar ainda criança, pois meu pai é velejador também. Só vim a ter meu primeiro veleiro já adulto, em 1999, e a partir daí esse namoro com a vela virou um casamento. Hoje estou no meu terceiro veleiro, o Buenavista, que trouxe de Salvador pra Aracaju em 2014, quando me mudei pra cá. O barco à vela não é como um veículo qualquer, tanto que possui até nome! É como alguém da família”, conta.

A experiência dele com a vela já envolve passagens por regiões como Rio de Janeiro, Bahia, litoral do Nordeste, chegando até Fernando de Noronha, quando, em 2016, participou da Regata Recife-Fernando de Noronha (Refeno), uma das principais regatas oceânicas do país.

“Naturalmente fui num veleiro de oceano, preparado para esse tipo de viagem, já que passamos 15 dias entre a saída de Salvador/BA, a passagem por Recife, chegada em Noronha e retorno pra Salvador”, complementou o velejador.

18489743_808070192674498_222439012777694715_o

Aulas
E a ideia de criar em Sergipe um grupo voltado para esta prática deu tão certo, que eles passaram também a oferecer aulas para o público externo.

“As aulas foram consequência, quando algumas pessoas se interessaram por aprender a velejar e me procuraram. O que fortalece o projeto é o recente apoio da Top Mariner, marina onde fica o Buenavista e que, na minha opinião, tem a melhor estrutura náutica de Aracaju. Além de apoiar o curso, a Marina tem interesse em preparar espaços próprios para veleiros, o que vai ajudar muito o crescimento da vela e a promoção da atividade”, explica Tiago.

Tiago Gonzalez com seu grupo de velejadores
Tiago Gonzalez com seu grupo de velejadores

O curso é realizado sob demanda, podendo ser feito de forma individual ou em turmas de até quatro pessoas, com duração média de 12 horas, incluindo teoria e prática. Para se inscrever, o interessado (a) pode entrar em contato com o Barlavento, através do telefone (79) 99191-3201 ou pelo email: tiagovela@hotmail.com.

Por fim, Tiago define o ato de velejar como conhecer lugares já visitados, mas por ângulos diferentes. “É como se estivéssemos passando ali pela primeira vez. São tantas sensações e descobertas que ficamos nos perguntando: Como aqui é lindo, eu não tinha visto isso antes?’.

Por Danielle Menezes, da Equipe Vip

Deixe uma resposta