Cânion do São Francisco: conheça o segundo destino mais visitado de Sergipe

Um lugar que proporciona vista aprazível aos visitantes

0
Cânion do São Francisco. Fotos: acervo da Secretaria de Turismo de Canindé

Localizado na cidade de Canindé de São Francisco, em Sergipe, Xingó é famoso por ser o “rio que corre entre as pedras”.  A cidade, que fica a cerca de 200 km de Aracaju, é hoje o segundo destino mais visitado do estado.

O local é ponto que reúne visitantes de todo o país, além de atrair olhares de turistas brasileiros e do exterior. A rota de passeio pelo rio é um momento ímpar para quem prestigia a natureza, pois o encanto das pedras rochosas consegue “hipnotizar” o visitante.  O percurso fica sob o comando do catamarã, o quinto maior barco navegável do mundo, que tem a importante missão de levar as pessoas aos pontos atrativos durante o passeio.

De acordo com a Jornalista Damiana Alves, profissional que desenvolve trabalho turístico em Canindé de São Francisco, o cânion recebe em média 170 mil visitantes por ano.

“Ao finalizar o roteiro, o visitante pode nadar na famosa Gruta do Talhado, um espaço que fica em meio às pedras nas águas do Velho Chico. Um verdadeiro paraíso. E para quem gosta de usufruir outras diversões, há, além do catamarã, diferentes opções. Prontos para garantir distração e alegria, os barquinhos a remo, Stand Up Padlle e a prática de rapel são modalidades disponíveis para que a visita ao cânion seja ainda mais produtiva” explica a Jornalista.

barquinhos a remo no Cânion do São Francisco
Stand Up Padlle nas águas do velho chico

 

 

História
E para os amantes do turismo ecológico, a cidade sedia a terceira maior Usina Hidrelétrica de Xingó e o Museu de Arqueologia de Xingó, com um acervo museológico formado por mais de 50.000 peças e vestígios. A mostra refere-se à exposição humanizada, na qual são destacadas todas as etapas de elaboração dos artefatos pré-históricos, compreendendo práticas humanas e procedimentos técnicos que o homem fez uso para se estabelecer na região.

Museu de Arqueologia de Xingó

Por Yslla Vanessa, Equipe Vip

Deixe uma resposta