Encenação da Paixão de Cristo encerra celebrações da Semana Santa do Colégio do Salvador

0

Na manhã da quarta-feira, 28 de março, os alunos do Ensino Fundamental Maior e Ensino Médio do Colégio do Salvador encenaram a Paixão de Cristo, marcando o encerramento das celebrações da Semana Santa na instituição. Os alunos encenaram a Santa Ceia, o rito do Lava Pés, a prisão de Jesus e a crucificação, que deixou a plateia emocionada e apreensiva. Outro momento de muita emoção e o mais esperado, foi a Ressurreição, que deixou a mensagem de amor ao próximo.

Emocionada com sua participação, a aluna Sofia Almeida Lacerda, 9º ano B, que interpretou Maria, disse estar muito grata pelo papel. “Fiquei muito feliz em me escolherem, é um papel importante, principalmente por interpretar aqui na escola, que é católica, foi muito gratificante. Participar da Paixão de Cristo foi importante, pois é um momento que nos ensina a saber ser resiliente e entender tudo o que Jesus fez por nós”, relatou a aluna.

O aluno Caio Vitor, 9º ano A, interpretou Jesus, e contou que estava feliz com a oportunidade. “Foi muito bom interpretar um papel tão significativo e importante para todos, sempre participei da via sacra e este ano interpretei Jesus Cristo, com a ajuda do professor Mateus deu tudo certo”, agradeceu.

A aluna Ana Ferreira, 9º ano B, interpretou Verônica, e destacou a importância da sua participação. “Significou muito, pois pude mostrar um pouco da história da minha religião. Apesar da Verônica ter uma participação simples, ela diz muito, pois mostrou piedade, ela se importou com o próximo, mostrou ato de solidariedade com Jesus”.

Após um mês de ensaios o professor de religião, Mateus Ferreira, estava realizado e feliz com o resultado. “Os alunos participaram de tudo, do cenário, roupas, ornamentação, direção, enfim, este ano foi diferente, eles realmente se envolveram”, contou o professor que destacou a participação dos alunos do Ensino Médio.  “Como eles têm um volume maior de estudo, me surpreenderam tomando a frente, foi de uma tal forma que tomaram mais decisões do que eu”, brincou o professor que concluiu falando da importância de mostrar a vivência de Jesus, deixando a lição mais importante, que é o ato de perdoar.

Na plateia

Muitos pais prestigiaram a encenação da Paixão de Cristo, como foi o caso da mãe Dani Melo. “Acho muito importante minha filha participar deste momento. É uma forma  dela ter conhecimento do verdadeiro sentido da Páscoa, que vai além da parte do comércio. Este tipo de atividade é importante para que os alunos conheçam um pouco mais da história da Paixão de Cristo, que hoje em dia é pouco lembrada”.

Quem também se emocionou com a participação da filha foi a mamãe Jocassia Costa Almeida Lacerda, que assistiu a filha interpretar Maria. “Foi emocionante, um papel grandioso. Foi muito bonito vê-la, interpretar a mãe de Jesus em um momento tão especial como esse, que é o da Páscoa, realmente é gratificante”, falou a mãe que destacou a relevância de inserir a religião no ensino. 

“Acho importante falar de religião para os jovens, vemos que no mundo de hoje o distanciamento da fé e da religião, seja ela qual for, é o que está causando muita injustiça e desunião, principalmente nas famílias. E o Salvador resgatar isso é um mérito muito grande, é um dos poucos Colégios que se preocupam em mostrar a história de Cristo para os alunos”. 

Deixe uma resposta