Especialista alerta para cuidados que podem melhorar a saúde digestiva

0
Dra. Prisclia Lopes dá dicas de saúde digestiva

O dia 29 de maio é marcado como Dia Mundial da Saúde Digestiva, a data foi instituída pela Organização Mundial de Gastroenterologia para mobilizar e orientar a população sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce de doenças do aparelho digestivo. De acordo com a Organização, 20% da população global sofre algum tipo de problema intestinal e 90% das pessoas não procuram orientação médica, recorrem à automedicação ou não fazem nada para resolver o problema.

As principais doenças do aparelho digestivo são a gastrite, doença do refluxo, intolerância à lactose e as doenças inflamatórias intestinais. De acordo com a gastroenterologista do Decós Day Hospital, Priscila Lopes Silva, mudanças de hábitos simples podem prevenir algumas delas. “A gastrite e doença do refluxo poderiam ser prevenidas evitando a ingestão em excesso de condimentos, gorduras, frituras e da cafeína. Evitar comer com líquidos, melhorar a mastigação, higiene adequada dos alimentos, não comer e deitar e evitar excessos alimentares, principalmente à noite, são alguns hábitos que podem ajudar a melhorar a saúde do aparelho digestivo”, destacou.

 

Já nos casos de intolerância à lactose e nas doenças inflamatórias intestinais, a especialista ressalta que não há forma de prevenção, porém, há o diagnóstico precoce, evitando complicações nas doenças inflamatórias. “O paciente com intolerância precisa fazer o diagnóstico adequado do grau da doença e aderir à dieta e as enzimas lactase, quando preciso. Nas doenças inflamatórias o paciente deve evitar o consumo de alimentos condimentados e apimentados que precipitam as crises, além evitar os estresses emocionais que também podem ocasionar crises”, afirmou a médica.

 

Ao contrário do que a maioria das pessoas pensam, exames como endoscopia e colonoscopia não são exames de rotina. Segundo Dra. Priscila, eles deveriam ser solicitados em uma avaliação inicial gástrica ou intestinal, a depender da queixa do paciente e se há histórico familiar de câncer nessas regiões. Contudo, após o primeiro exame, a periodicidade deverá ser relacionada com as lesões encontradas.

Fique atento aos sintomas

As doenças do aparelho digestivo apresentam sintomas mais comuns como náuseas, empachamento, azia, retorno do alimento e ou ácido gástrico, diarreia e/ ou constipação e dor abdominal. Mas outros sintomas como tosse seca, dor no peito, sinusite, asma, cefaleia, deficit de atenção e lesões na pele, que aparentemente podem indicar outro tipo de doença, também são sintomas de problemas digestivos. Por isso, é importante procurar sempre um especialista e evitar a automedicação.

Deixe uma resposta