Largo da Gente Sergipana será construído

0
Maquete do Largo da Gente Sergipana. Foto: Ascom Instituto Banese

O Largo da Gente Sergipana, projeto do Instituto Banese e do Governo do Estado, está cada vez mais perto de se tornar realidade e compor o cenário cultural e turístico de Sergipe.

Durante audiência em Brasília com o superintendente do Instituto Banese, Ézio Deda, e o deputado federal sergipano Fábio Reis, o ministro do Turismo, Marx Beltrão, considerou o projeto como muito importante para o fortalecimento do turismo e da cultura em Sergipe e se mostrou disposto a contribuir para a sua concretização.

Conforme Ézio Déda, o ministro do Turismo compreendeu a proposta e se sensibilizou com a iniciativa desde que conheceu o projeto quando esteve em Aracaju em 2016. “Essa audiência, agora, com o ministro Marx Beltrão, foi mais um importante passo no longo processo para a construção do Largo da Gente Sergipana, monumento que marcará a paisagem urbana do Centro Histórico de Aracaju e se tornará mais um belo cartão postal de Sergipe”, destacou o superintendente.

Em processo de viabilização, o Largo da Gente Sergipana já conta com liberação ambiental e o aval de órgãos estaduais e federais. O projeto consiste na construção de um píer e na implantação de oito esculturas sobre pilares no Rio Sergipe, representando os principais personagens de manifestações culturais sergipanas: Parafuso, Taieira, Cacumbi, Lambe-sujo e Caboclinho, Bacamarteiro, São Gonçalo, Bumba meu Boi e Chegança.

A instalação artística, que ficará localizada no estuário do Rio Sergipe, em frente ao Museu da Gente Sergipana, em Aracaju, dialoga com a proposta do museu de valorizar e fortalecer a cultura local. O projeto arquitetônico e urbanístico foi elaborado pela empresa Ágora Arquitetos Associados, e o projeto artístico, que envolve a construção das esculturas, é dos escultores Tatti Moreno e André Moreno.

Via Ascom do Instituto Banese

Deixe uma resposta