Moda ecológica: C&A investe em algodão sustentável

0
Foto: ascom C&A

A C&A, empresa que oferece produtos e experiências que vão além do vestir, registrou a marca de 40% de suas peças produzidas com algodão mais sustentável. Em 2016, a empresa já havia alcançado a marca de 25,6% de seus produtos confeccionados com esse tipo de algodão. O resultado reforça o compromisso da rede de oferecer moda com impacto positivo e está alinhado à meta global de ter, até 2020, 100% de suas peças produzidas com algodão mais sustentável, que inclui o BCI e algodão orgânico.

A opção pelo uso do algodão mais sustentável está sendo possível por meio de uma forte articulação de toda a rede de fornecimento, do produtor da fibra, passando pela tecelagem e confecção. O esforço, além de oferecer ao consumidor um produto mais ambientalmente correto, também reduz de forma impactante a pegada hídrica, contribuindo para melhor uso dos recursos naturais. Para se ter uma ideia da importância dessa mudança, a redução da nossa pegada hídrica nesse aspecto foi de 29%, quando comparamos os resultados de 2016 aos de 2015, de acordo com dados do segundo relatório global de sustentabilidade da rede (http://sustainability.c-and-a.com).

A C&A é a maior compradora mundial de algodão mais sustentável segundo o ranking da Textile Exchange, organização mundial sem fins lucrativos. Além disso, a C&A Brasil venceu em 2016 o Prêmio Eco, na categoria Sustentabilidade em Produtos ou Serviços, com a coleção Jeans Sustentável.

Sobre a C&A
A C&A é uma empresa de moda focada em propor produtos e experiências que vão além do vestir, conectando as pessoas a si mesmas e ao mundo à sua volta. Fundada em 1841 pelos irmãos Clemens e August, na Holanda, a marca abriu sua primeira loja no Brasil em 1976, em São Paulo. Hoje, a empresa está presente em todas as regiões e tem cobertura nacional, por meio de sua loja virtual. Conduz seus negócios de forma ética e sustentável, comprometida em oferecer moda com impacto positivo.

Via ascom C&A

Deixe uma resposta