Obra e apartamento decorado da Norcon Rossi são objetos de estudos para acadêmicos

Os alunos da Universidade Tiradentes participaram da aula no último sábado, 19 acompanhados pela professora Dayse Araújo

0

 

A Norcon Rossi abriu as portas da obra do Mansão Roberto Constâncio Vieira para os estudantes de Design de Interiores da Universidade Tiradentes.  Os alunos da professora Dayse Araújo conheceram no último sábado, 19, as áreas comuns do sofisticado empreendimento, bem como os dois apartamentos modelos – o tipo com 219m², e o duplex com 326m², ambos com vista para o Parque da Sementeira.  Em seguida, visitaram o apartamento decorado, situado no Espaço Norcon Rossi.

Os alunos foram recepcionados pela diretora de Marketing e Comercial da Norcon Rossi, Caroline Teixeira, pela supervisora de Incorporação, a arquiteta Jamile Carvalho e pelo gerente de Empreendimentos, o engenheiro Emerson Gentil.

“Diferente das outras visitas, sugerimos que os alunos conhecessem também o empreendimento, pois podem presenciar o estágio em que a obra se encontra e visitar os apartamentos sem móveis e decorações. Assim, é exatamente o que eles vão encontrar no cotidiano, quando tiverem exercendo a profissão”, destacou Caroline Teixeira.

Durante a visita, a turma conheceu os espaços e tiveram uma noção prática de como elaborar um projeto de ambientação integrado com soluções arquitetônicas funcionais. Os alunos já trabalhavam a planta do apartamento de 219 m² em sala de aula.

De acordo com a professora Dayse Araújo, as visitas realizadas na obra e no decorado foram proveitosas. “Conhecer um apartamento que foi planejado, que está ambientado dentro dos padrões mais contemporâneos e com ambientes integrados, é muito bom. Assim, os alunos já começam a entender as possibilidades de uma ambientação. Sem contar a grata surpresa de conhecer a obra, foi sensacional, pois os alunos podem ter uma visão mais ampla do ambiente que será decorado”.

Futuros profissionais

Os alunos demonstraram satisfação em poder participar de uma aula prática e ressaltar detalhes importantes como o dimensionamento, espaço, o projeto de ambientação e as observações em termos de estética, funcionalidade e segurança.

O aluno Guilherme Rodrigues já conhecia o decorado, mas visitou a obra pela primeira vez. “Poder conhecer os apartamentos modelos favoreceu muito a minha percepção do espaço. Na obra, encontrei o apartamento vazio e já planejei o que seria possível. Aqui, no decorado, presencio como a arquiteta utilizou cada canto. Foi uma aula muito boa”, ressaltou Guilherme.

Para Elaine Goes a alegria não foi diferente. “Até então, só tinha tido acesso à planta do apartamento, mas hoje tive o prazer de conhecer o decorado e o apartamento modelo. A obra é maravilhosa, grandiosa e perfeita. É muito além do que eu imaginava. Com tantas surpresas, já estou pensando em mudar o meu projeto”, contou inspirada.

Deixe uma resposta