Presidente realiza abertura da 5ª Semana Nacional de Conciliação Trabalhista no TRT20

0

A Desembargadora Presidente do TRT20, Vilma Leite Machado Amorim, realizou nessa segunda-feira, 27/05, a abertura da 5ª Semana Nacional de Conciliação Trabalhista no TRT20. A solenidade aconteceu no Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Solução de Disputas (Cejusc-JT) que agendou 33 audiências de conciliação para o primeiro dia do evento.

A Presidente deu boas-vindas aos advogados e jurisdicionados que no momento participavam das audiências de conciliação no Cejusc-JT e desejou sucesso nos trabalhos.

“Esse é um tema muito importante para a Justiça do Trabalho. O Conselho Superior da Justiça do Trabalho teve essa preocupação de reservar uma semana toda voltada para a conciliação. O Cejusc-JT já funciona no TRT20 desde 2017 e será implantado na próxima sexta-feira, 31/05, o Cejusc-JT de competência ampliada. A partir daí, os processos do 2º grau também poderão ser incluídos nas pautas de conciliação no Cejusc-JT, e haverá um rodízio de audiências com os Desembargadores”, explicou.

A Desembargadora aproveitou a oportunidade para convidar a todos para o encerramento nacional da 5ª Semana de Conciliação Trabalhista que acontecerá na próxima sexta-feira, com a presença do Ministro Renato de Lacerda Paiva, coordenador da Comissão Nacional de Promoção à Conciliação da Justiça do Trabalho e vice-presidente do CSJT e do Tribunal Superior do Trabalho.

– Conflitos + Soluções

Promovida pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), em parceria com os Tribunais Regionais do Trabalho de todo o Brasil, a edição de 2019 da Semana Nacional da Conciliação Trabalhista terá o slogan “Menos Conflitos. Mais Soluções: com a conciliação o saldo é sempre positivo”. Esta é a quinta edição do evento, que será realizado entre 27 e 31 de maio em todo o Brasil

A Semana Nacional da Conciliação Trabalhista tem o objetivo de proporcionar, por meio de solução amigável, maior celeridade ao encerramento de conflitos trabalhistas. Durante o evento, a Justiça do Trabalho soma esforços para ampliar o número de audiências entre patrões e empregados, buscando alcançar o maior número possível de acordos.

Somente nas quatro primeiras edições foram contabilizados mais de 700 mil pessoas atendidas, cerca de 102 mil acordos consolidados e um montante movimentado que ultrapassou R$ 2 bilhões. Ou seja, como o próprio slogan já destaca, “com a conciliação o saldo é sempre positivo”.

Deixe uma resposta